Este livro é resultado da pesquisa de mestrado da autora e trata da atuação do Clube de Artistas Modernos, também conhecido como CAM, uma agremiação artística que reuniu os maiores nomes do modernismo paulista como Flávio de Carvalho, Di Cavalcanti, Antonio Gomide, Tarsila do Amaral, Mário de Andrade dentre outros. Criada em 1932 e com sede no edifício que dava para o Viaduto Santa Ifigênia, promoveu apresentações musicais, cursos de pintura, exposições além de bailes de carnaval e debates sobre comunismo e marxismo. Frequentado por artistas provenientes da elite e da classe trabalhadora, apresentou uma série de inovações para a época, como na linguagem teatral ao colocar negros para encenar peças de temáticas polêmicas, usando máscaras de alumínio e fazendo movimentos mecanizados como forma de criticar a sociedade industrial. Para adquirir esse produto, nos envie uma mensagem. Aceitamos transferência em conta ou PayPal.

Diversão e Arte no Clube de Artistas Modernos (CAM)

R$ 30,00Preço